Renata Abreu busca alternativas para ajudar Poá a sair de crise financeira

Renata Abreu pede providências urgentes de combate à febre amarela
25 de outubro de 2017
Carreta da mamografia fica no Jaçanã até o dia 18 de novembro. Faça seu exame!
31 de outubro de 2017

Renata Abreu busca alternativas para ajudar Poá a sair de crise financeira

A deputada federal Renata Abreu (SP), acompanhando o prefeito Gian Lopes e o vereador Edinho do Kemel, voltou a se reunir com a Confederação Nacional das Instituições Financeiras (CNF) e com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) em busca de alternativa à crise financeira instalada em Poá, cidade da Região Metropolitana de São Paulo, por causa da mudança na Lei do ISS (Imposto Sobre Serviços).

Segundo a deputada, o melhor caminho para preservar a cidade é trabalhar na construção de uma ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) para tentar barrar a mudança na lei do ISS. “Estamos lutando em Brasília e buscando alternativas para ajudar Poá. A administração municipal pode perder cerca de 40% (R$ 140 milhões) do Orçamento, deixando de investir esse recurso em setores essências como Saúde e Educação, entre outros.”

Com a nova legislação, aprovada em maio pelo Congresso, municípios-sede de empresas financeiras serão totalmente prejudicados, já que o recolhimento do tributo passará a ser cobrado no local de prestação do serviço.

Na cidade de Poá, o Banco Itaú representa 40% de toda a receita corrente. A cidade é sede das operações de cartões e de leasing do banco. “Esta situação está deixando a população muito aflita e, por isso, é necessário buscar todas as alternativas possíveis para podermos preservar os direitos de Poá e dos poaenses”, comentou Edinho do Kemel.

“Agradeço o apoio da deputada Renata Abreu e do vereador Edinho do Kemel, que têm lutado muito conosco em busca de alternativas para a crise que se instalou devido a mudança na lei do ISS”, ressaltou o prefeito Gian Lopes.

Também estiveram presentes nas reuniões o secretário de Governo de Poá, Augusto de Jesus, o chefe de gabinete, Lucas Bertagnolli, e o procurador do município, Marcos Antônio Favaro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *