Renata Abreu cumpre maratona do Podemos em Natal

A mulher, ainda em segundo plano. Até quando?
25 de julho de 2017
Temos a obrigação de lutar pelo Brasil, declara Renata Abreu em Natal
29 de julho de 2017

Renata Abreu cumpre maratona do Podemos em Natal

A deputada federal Renata Abreu (SP) participou hoje (dia 28) de uma espécie de maratona de entrevistas pelos principais meios de comunicação de Natal, onde se encontra para o lançamento do Podemos no Rio Grande do Norte. Em todas as emissoras, a principal pergunta foi o que pretende o Podemos, partido que nasceu do histórico PTN e que tem o senador Alvaro Dias como pré-candidato à Presidência da República. E Renata respondeu com naturalidade: 

 

“Queremos os brasileiros participando com a gente de todo o processo político, e não apenas se manifestando nas eleições. Para tanto, o Podemos, diferentemente dos demais partidos, surge com solidez ideológica, com transparência, participação e mais democracia direta”. É a opinião pública chegando ao Congresso via Podemos. 

No programa Meio Dia Cidade, com os amigos Casciano Vidal, Semio Timeni e Jacqueline Antunes, acompanhada da também entrevistada Adriana Flor.

Enquanto partidos de peso demoraram a dar atenção às demandas da população, o Podemos foi gerado a partir das vozes das ruas . E nasceu forte. Hoje são 15 deputados federais e dois senadores, 30 prefeitos, 54 vice-prefeitos e 17 deputados estaduais. “E tem muito mais gente boa chegando”, avisou a deputada, presidente nacional do Podemos, que esteve nos estúdios da Rádio 94 FM, com os apresentadores Casciano Vidal e Semio Timeni e a produtora Jacqueline Antunes, do programa Meio da Cidade; com a jornalista Margo Ferreira, da TV Ponta Negra; com os jornalistas Luiza Tavares e Paulo Martins, da TV Feliz, e , por fim, na Rádio 96 FM.

TV Feliz Agora, com os jornalistas Luiza Tavares e Paulo Martins.

 

A base principal do Podemos é a sociedade, hoje mobilizada em torno de causas. “O mundo hoje é dinâmico, está em constante movimento. Estamos no século 21, mas com uma política do século 19. É preciso acompanhar essa evolução da sociedade. Estudamos os movimentos do mundo todo, estudamos a juventude e escutamos o que o cidadão clamava nas ruas. Assim, surgiu o Podemos, um partido movimento, um coletivo de causas para, ao lado dos brasileiros, mudar o país”, esclareceu Renata Abreu. 

 

Coletiva de imprensa do Podemos 19, com Alvaro Dias e Antônio Jácome.

A parlamentar também foi questionada sobre o momento de crise que atravessa o Brasil. Para ela, a situação é propícia para debater política e engajar mais e mais brasileiros na construção de um novo País. “Não há futuro sem participação política. E é acreditando no engajamento popular que o Podemos se propõe a dividir com os brasileiros a decisão sobre as principais questões do País”, explicou Renata, que está com uma votação popular on-line no site do Podemos. Lá, o povo vota sobre a abertura do processo de investigação do presidente Michel Temer, denunciado na delação premiada dos executivos da JBS. “O resultado da maioria será o meu voto em plenário.” 

Entrevista na 96 FM 

Votação on-line que será prática corriqueira do Podemos, que dentro de alguns dias lançará um aplicativo para que os cidadãos participem via smartphone. “Teremos ali várias pautas para que a população oriente nossa bancada sobre que posição tomar nas votações”, adiantou Renata Abreu. “Queremos os brasileiros participando de todo o mandato dos parlamentares do Podemos.” 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *